sexta-feira, 13 de maio de 2011

"TORRE DE BABEL" DE LIVROS!!!

... Tem estrada,
tem caminho,
tem procura, tem destino
... lá dentro do livro.

Genteeeeee!!!!! Fiquei maravilhada com tanta criatividade, emoção, paixão e valorização pela leitura... Estamos acostumados a ver monumentos que reverenciam pessoas, fatos... E finalmente alguém reconhece a importância de um livro, da leitura... Essa torre é um marco na nossas vidas!!!
Sem leitura não há vida!!!


Casal tira fotos da 'Torre de Babel', uma criação feita pela artista argentina Marta Minujin com milhares de livros em idiomas de todo o mundo, na praça San Martin, em Buenos Aires, neste sábado (7). A Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) nomeou Buenos Aires como Capital Mundial do Livro 2011. (Foto: AFP/Mabromata Juan)
 
Uma torre de 28 metros de altura, em formato de rampa circular, toda feita de aço e dezenas de milhares de livros livros, foi inaugurada na quarta-feira em Buenos Aires para marcar a gestão da cidade como Capital Mundial do livro de 2011, título designado pela Unesco. A obra, batizada de 'Torre de Babel de Livros', é de autoria da artista plástica argentina Marta Minujín, que reuniu mais de 30 mil exemplares de 54 países, inclusive do Brasil, como informou a assessoria de imprensa do governo de Buenos Aires.
'É importante que todos venham (ver) porque esta é uma obra de participação maciça', disse Minujín. Para reunir tamanha quantidade de livros, ela contou com edições doadas pelas embaixadas e por moradores de Buenos Aires, que entregaram seus exemplares durante dois meses nas várias livrarias da cidade.
Minujín desenhou a maquete em formato de espiral, e a estrutura foi construída com ferros por operários financiados pela Secretaria de Cultura de Buenos Aires. A 'Torre de Babel', instalada na Praça San Martín, no centro da cidade, pode ser percorrida por dentro até 27 de maio, quando será desmontada.
Durante um tour guiado, os visitantes ouvem uma gravação com a palavra 'livro' dita em vários idiomas. Após o passeio entre livros, eles recebem uma cópia do conto A biblioteca de Babel, do escritor argentino Jorge Luis Borges. Para que a instalação não seja danificada, o governo decidiu organizar as visitas por grupos. Elas são gratuitas e agendadas no próprio local ou no site da prefeitura de Buenos Aires (http://www.capitaldellibro2011.gob.ar/torredebabel/).
A visitação está aberta ao público entre 10h e 22h - hora em que a torre fica completamente iluminada, mostrando o colorido das capas das diferentes edições. De acordo com o secretário de Cultura, Hernán Lombardi, a construção era um 'sonho da artista', que começou a alimentar o projeto nos anos 1980.


 'Torre de Babel' argentina (Foto: Divulgação/Ministério da Cultura de Buenos Aires )
 
'Celebração das palavras'
'Esta maravilhosa Torre de Babel de Livros ficará na memória de todos os portenhos (os nascidos em Buenos Aires) e marcará como celebramos as palavras e as artes plásticas', disse Lombardi.
A coleção de livros reúne romances, contos, poesias, histórias e reportagens, entre outros. Segundo a Embaixada do Brasil, foram doados 200 livros brasileiros.
Antes da mostra, o governo da cidade realizou um inventário dos exemplares que compõem a obra e plastificou um por um, para protegê-los durante a exposição.
Quando a mostra terminar e depois que parte dos livros for entregue aos visitantes, os exemplares restantes serão levados para uma biblioteca portenha para compor o acervo da Primeira Biblioteca Multilíngue da Cidade de Buenos Aires.


Fonte: G1- BUENOS AIRES INAUGURA "TORRE DE BABEL" DE LIVROS

Um comentário:

  1. PUXA! Interessante mesmo.
    Parabéns pelo entusuamo e pela divulgação dos livros em si e a leitura que é fundamental!
    Amei o blog!.
    Faça uma visitinha no blog biblioteca raio de sol escolar.
    Estou tentando incentivar meus alunos a ler.
    abraços
    tia Eunice

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu recadinho!!!
Obrigado pela visitinha!!!

Tudo de mim!!!!!