sábado, 25 de junho de 2011

Para apreciar e refletir!!!

POEMAS DE BERTOLT BRECHT
(Tradução de Paulo César de Souza)





A árvore que não dá frutos
É xingada de estéril.
Quem
Examina o solo?

O galho que quebra
É xingado de podre, mas
Não havia neve sobre ele?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu recadinho!!!
Obrigado pela visitinha!!!

Tudo de mim!!!!!