terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Professores debatem plano de carreira e gestão democrática na Semana Pedagógica 2012





O novo plano de carreira e remuneração dos professores e a gestão democrática no contexto escolar foram os temas das primeiras palestras do Encontro Pedagógico 2012 de Parnamirim, ministradas pela professora e ex-secretária de Educação de Natal Justina Iva de Araújo e pelo promotor de de Defesa da Educação Raimundo Sílvio Dantas Filho. O evento começou na manhã desta segunda-feira (27) e vai até a próxima sexta-feira (2), no auditório do LEAN, no bairro Liberdade.

Justina Iva disse que o novo plano de carreira e remuneração vai melhorar em vários aspectos a vida profissional dos professores da rede municipal de ensino. “O professor vai ter uma carreira enxuta, os salários serão unificados, haverá variação salarial entre níveis e o professor terá segurança jurídica, porque o plano estabelece que o município terá que fazer a correção salarial”, disse a professora, listando alguns dos benefícios do projeto.

O plano está tramitando na Câmara Municipal de Parnamirim. O projeto assegura vencimentos ou salários iniciais nunca inferiores ao piso nacional do magistério, valoriza o desempenho, a qualidade e o conhecimento, assegura progressão através de mudança de nível de habilitação e de promoções periódicas e fixa o acesso à carreira por concurso público, entre outros pontos. 

GESTÃO DEMOCRÁTICA

O promotor Raimundo Sílvio defendeu a gestão democrática nas escolas, dizendo que esse instrumento permite que “a comunidade faça escolhas sobre o que é mais relevante para a vida escolar”. 

“Na hora em que você tem uma gestão onde as pessoas se envolvem, a tendência é que a escola melhore. Observando algumas escolas, percebemos que as que adotam a gestão democrática, com eleição direta de diretores, entre outras coisas, funcionam melhor, são melhor cuidadas”, comentou.

A professora Justina Iva compartilhou do pensamento do promotor, acrescentando que “democracia e cidadania são indissociáveis”. “Esses dois valores andam juntos. Não há cidadania sem democracia. Quanto mais democrática a gestão, melhor será a qualidade de ensino, com reflexos diretos no exercício da cidadania”.

Raimundo Sílvio enfatizou que a escola precisa ser um “espaço onde se ensinem os valores democráticos”. “Temos que construir essa cultura da democracia dentro das escolas, irradiando-a para fora dela. Com isso, é possível incorporar esses valores democráticos ao dia a dia da população. Isso é educação para a democracia”, completou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu recadinho!!!
Obrigado pela visitinha!!!

Tudo de mim!!!!!