quinta-feira, 22 de março de 2012

Dia Mundial da Água

RN vê seu consumo de água aumentar para 9 milhões/mês


Somente no último mês, a população do Rio Grande do Norte consumiu quase nove milhões de litros de água. Atualmente, a Companhia de Águas e Esgotos (Caern) abastece 152 municípios, o que representa 2,3 milhões pessoas com água tratada nas torneiras. Mas os potiguares ainda se deparam com situações como as do município de Luís Gomes, a 450 quilômetros de Natal, que está com o único reservatório seco e já contabiliza mais de quatro meses sem água. Hoje, no Dia Mundial da Água, os norte-rio-grandenses já podem comemorar muitos avanços, porém, sem esquecer que são inúmeros os desafios até alcançar a totalidade no abastecimento.


"O abastecimento de água cresce, mas a demanda também cresceu", declarou o secretário estadual de Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos, Gilberto Jales. Ele explicou que a região Oeste do estado ainda tem problemas em relação ao abastecimento de água. A solução para resolver a situação de cidades como Luís Gomes - que tem o sistema de abastecimento, mas o açude não dá conta do fornecimento - é a conclusão da Adutora Alto Oeste, que segundo Jales, o Governo pretende concluir as obras em breve. Na opinião do secretário, a maioria das zonas urbanas está abastecida, a falta de água aparece mesmo é em populações dispersas pela área rural.


Apesar de não sofrer como a zona rural, Natal ainda tem áreas que precisam de melhorias no serviço de abastecimento. Nem Natal é 100% abastecida. Para que a capital chegue a esse percentual, a Caern afirma que serão necessárias ainda várias ações totalizando um custo de R$ 26.8 milhões, divididos entre a empresa e o Governo Federal. Algumas ações estão vinculadas à Adutora Jiqui, que começou a funcionar no final de 2010, na qual estão sendo usados R$ 809 mil em melhorias no bombeamento de água tratada para vários bairros da cidade. A empresa também anunciou que R$ 1,5 milhão será aplicado na substituição de 13 quilômetros de tubulação de água nos bairros das Rocas e Santos Reis.

Plano Diretor



Com planos para o fornecimento de água até 2030, a Caern está elaborando o Plano Diretor de Abastecimento de Natal. O estudo mapeia três regiões na margem esquerda do rio Potengi e 13 na margem direita do estuário, áreas que abrangem respectivamente a zona Norte e do outro lado, as zonas Sul, Leste e Oeste da cidade. As análises começaram em 2009 e foram concluídas no final de 2011.


O planejamento aponta um investimento de R$ 800 em abastecimento de água por habitante nas duas próximas décadas, numa média de R$ 40 por habitante por ano. Ao final da terceira década desde século, a população projetada pelo plano para Natal e regiões limítrofes como Jardim Lola, Golandim, Nova Parnamirim e Redinha Nova, é de 1.130.751 pessoas e a demanda pelo líquido será de 3.091,62 litros de água por segundo. No momento, a área técnica da empresa está fazendo uma revisão no projeto, ajustando detalhes sobre soluções técnicas, e em relação ao orçamento.


Situação no RN


Apodi (27 açudes)


854 mil m³


Piranhas/Açu (28 açudes) -


2.4 milhões m³


Potengi - (1 açude) -


15 milhões m³


Trairi - (3 açudes) -


43 milhões m³


Jacu - (1 açude) - 1


6.4 milhões m³


Ceará Mirim (1 açude) -


104 milhões m³


Lagoa do Bonfim -


62 milhões m³


Lagoa de Extremoz -


9.2 milhões m³


Lagoa do Boqueirão -


10.9 milhões m³





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu recadinho!!!
Obrigado pela visitinha!!!

Tudo de mim!!!!!